Exercer alegria, ter alvo, abracar uma causa

Alegria, um dos frutos do espírito de Deus. Ligado ao amor baseado em princípios, um amor moral que leva em conta dever, princípio e justeza. Mas pode ser caloroso e intenso.

Procuro essa palavra no dicionário. Existem várias definições para o amor, desde uma afeição profunda até alguns gêneros de plantas.

A conclusão que tiro? Amor não se pensa, se sente…

Deus te amor por toda a humanidade em grau superlativo, sublime, em grau muito elevado. Não um simples amor, mas um que ultrapassa a compreensão humana.

Talvez nós, humanamente humanos, precisemos refletir, mesmo por instantes, nesse amor superlativo e sublime, e perceber  suas sutilezas. Concluir que, sendo criaturas à imagem e semelhança do Criador, que se regozijou mesmo com a ideia da nossa criação, refletimos a perfeição Dele.

Esse amor que atua no interior dos corpos e das suas moléculas, no âmago de cada obra da Criação, é o que traz alegria. É a verdade que seguimos com o espírito, a motivação de ser. É a verdade que está tão profunda no espírito que nos faz irradiar beleza, paz. É o ser do Criador. É estar no paraíso!

Deus não nos prometeu dias sem tempestade, dificuldades, montanhas para subir ou fogueiras para pular. Mas nos garante um guarda chuva, ou ainda podemos alegremente dançar na chuva, que nem Gene Kelly. Nos garante inteligência, assim poderemos mudar a perspectiva, na crise crie $$$ (pode ser dinheiro ou não, sairemos bem de qualquer situação com aquela leveza e pureza que só as crianças conhecem bem). Podemos viver nos lamentando daqueles que nem se importam conosco e daqueles que nos invejam; ou podemos estar perto de quem nos ama de verdade e nos querem bem. Também nos garante fôlego de vida, só atingem o alvos dos objetivos aqueles que têm paciência e persistência, a força está na fé! Podemos chupar um limão sabendo que tem vitamina C, fará bem à saúde, mas não fará bem ao paladar, nós podemos com um limão fazer uma limonada docinha, fresquinha. Podemos tremer de medo diante do fogo, ou não, podemos acender um fósforo, ou usá-lo para preparar uma deliciosa refeição. O que você escolhe? Chorar desconsoladamente, achando que a vida não mostra a porta de saída, ou viver livremente? A escolha é de cada um!

A postagem de hoje mostra o excelente trabalho da Associação Brasiliense de pacientes reumáticos. É também uma homenagem ao dia do abraço, isso nos mostra que devemos fazer diariamente esse exercício terapêutico de amor com todas as pessoas, de todas as classes sociais, formações, idade e condições físicas.IMG_20150525_163012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s