Uma historia que atravessa os tempos

54Existem muitas histórias de amor. Histórias lindas, muitas tecidas em ricos bordados, como a de Ariadne que estendeu o fio a Teseu, para que ele encontrasse e matasse a mitológica criatura monstruosa,

a quem chamavam Minotauro. Há também a história de Penélope, uma linda moça bordadeira que nutria bem dentro de si a esperança de que seu amado Ulisses retornasse. Isso porque os homens apaixonavam-se por ela, e para ela conseguir fugir aos pedidos de casamento, bordava um tapete interminável (ela destecia metade e fazia tudo de novo. Esperta, não?) Há também a história de Eros e Psiquê, um amor de difícil conquista, que empreendeu uma longa jornada em busca da felicidade.

Mas a história que escolhi contar é a de um jovem pastor… (continuarei daqui a pouco, vamos primeiro imaginar as areias de um longo deserto antes de chegar a uma cidade com poço e pastagens de gado) .

Bom, esse jovem pastor era uma pessoa comum, como nós. Depois de ter atravessado um árido deserto em busca de uma história para si, chega a um lugar chamado Harã, um povoado no meio um oásis.

Ao chegar a um poço onde podia matar a sede, avista dois homens, e pergunta-lhes se conhecem um homem que era seu tio.

Mas vinha chegando uma bela moça, pastoreando as ovelhas de seu pai. O jovem pastor apaixonou-se por ela a primeira vista, e deu-lhe um doce beijo. A jovem, emocionada, contou a seu pai o que tinha acontecido.

O tio do jovem tinha muito gosto em que ele permanecesse ali. Quando o jovem pediu a mão da moça em casamento, o pai dela ficou muito contente e foi logo fazer os preparativos para a cerimônia. Mas pediu que o jovem trabalhasse sete anos em seus campos, em troca da bela moça. Ele fez isso, porque a amava mais que a sua própria vida. Na hora do casamento, porém, sabem o que aconteceu?

Seu tio, pai da moça, deu a filha mais velha. O jovem pastor desistiu? Não, trabalhou mais sete anos, a fim de se casar com sua amada!

E assim aconteceu com Jacó, o jovem pastor, Léia, a quem seu pai Labão deu a Jacó, e Raquel, sua doce amada. Uma história de amor que atravessa os tempos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s